Clientes – O desafio de conhecê-los, ouvi-los permanentemente e monitorá-los estrategicamente

A empresa conhece os seus clientes? Sabe quantos são? Onde estão localizados? Comunica-se com eles? Conta com um pós-vendas? Eles compram regularmente? Qual o lucro (margem de contribuição) obtido com cada cliente? Como monitorar e conciliar o limite de crédito concedido e a necessidade do cliente? Os clientes estão indo bem em seus negócios? E os novos clientes, onde estão?

Leia mais:Clientes – O desafio de conhecê-los, ouvi-los permanentemente e monitorá-los estrategicamente

Controles Internos, Governança Corporativa e Gestão

Toda empresa, através do seu presidente e dos seus gestores, deve obrigatoriamente construir e implantar um sistema de controles internos, devidamente formalizado, visando salvaguardar o seu patrimônio, sua continuidade e, consequentemente, sua existência.
A implantação e a manutenção do sistema de controles internos permitirão o adequado e seguro funcionamento da empresa, garantindo a integridade das suas operações e que essas estarão devida e eficientemente controladas, sendo a sua melhor proteção operacional. Independentemente do seu tamanho, regime tributário, se pertence ou não ao mercado de capitais ou se é ou não obrigada pelas legislações pertinentes a regras nos controles.
Muitas empresas acabam ficando pelo caminho, fechando as suas portas, em decorrência das ações de alguns colaboradores, seja por desvios de recursos em benefício próprio ou em conluio, ou por erros involuntários ou imperícias no desenvolvimento das operações. Tudo isso gera desperdícios e até decisões erradas, com prejuízos ao seu desempenho devido a perdas operacionais e financeiras, às vezes irrecuperáveis, que acabam por comprometer a sua continuidade.

Leia mais:Controles Internos, Governança Corporativa e Gestão

Gestão nas compras: Preço de compra versus custo da compra

Será que se uma empresa, ao analisar um processo de compra de um produto ou matéria prima, optar pela cotação que oferece o menor preço, estará também obtendo um custo menor?

Ao efetuarmos cotações, a primeira providência para que a decisão da compra seja correta será a equalização dos preços, ou seja, deixá-los em uma mesma base para comparação. Isto permitirá conhecer qual cotação tem o menor custo, que é a questão relevante, já que este custo será a base para a formação do preço de venda.

Leia mais:Gestão nas compras: Preço de compra versus custo da compra

Pesquisar

Visitantes

Hoje3
Ontem27
Semana112
Mês140
Tudo47862

Kubik-Rubik Joomla! Extensions

Newsletter

Assine nossa newsletter!